Artigo: Veja o corpo feminino “ideal” em 18 países

Veja o corpo feminino “ideal” em 18 países

A beleza depende de quem vê. Isso não poderia ser mais verdade no projeto “Percepções de perfeição”, proposta pela companhia Superdrugs Online Doctors, que fotografou um “tipo comum de mulher” e submeteu a foto a designers de 18 países diferentes. Barriga e coxas seriam uma aposta fácil do que variaria de cultura a cultura, mas os designers trouxeram verdadeiras deformações à fotografia original, trocando até mesmo a cor da roupa utilizada pela modelo, seu cabelo e até mesmo a altura de seu rosto, moldando sua face.

O detalhe: entre os designers, apenas quatro eram homens. O projeto serve também para alertar sobre o risco de correr atrás de um ideal de perfeição que, simplesmente, não agradaria a todos e mostrar que todos os tipos de mulheres são apreciadas mundo afora.

Na primeira imagem, perceba as diferenças das pernas e da distribuição no rosto dos resultados finais de África do Sul, Argentina e China. Esta última, que alterou drasticamente até mesmo o formato do olho da modelo.
Em seguida, temos Colômbia, Egito e Espanha. Vale destacar o quão diferentes são as proporções de braços e coxas, mas o detalhe maior se apresenta nas variações de tons de pele.
Entre Estados Unidos, Filipinas e Holanda, a maior variação do rosto vem do país norte-americano, que também modifica bastante a cintura e glúteos da imagem. O curioso é que a escolha do designer do país foi por uma morena e de forma avantajada, mais inspirada na socialite Kim Kardashian do que em loiras de corpos pequenos que dominam a indústria do cinema e da música…
Itália, México e Peru estão em seguida e as diferenças entre um dos países mais reconhecidos pela indústria da moda e a latinidade mexicana não poderiam ser mais evidentes. Já o designer peruano optou por atenuar a imagem da modelo em cada curva, mas mantê-la com uma proporção maior do que os colegas dos demais países.
A “brancura” de Reino Unido, Romênia e Sérvia os unem nos resultados finais. O que os diferenciam são as linhas da cintura e proporção de seios e coxas, em concepções de mulher bem distintas…
Síria, Ucrânia e Venezuela apresentam resultados bem distantes entre si. Desde a face, até o formato do corpo e a proporção do busto. Chama a atenção, ainda, o fato de que os trajes tenham sido sutilmente alterados, o que, em si, traz carregado um pouco da cultura de cada lugar, bem mais do que a questão de “gosto” por si só.

Matéria original no Curiosamente
Link: Curiosamente
Autor: Ed Wanderley
Foto: Reprodução