Artigo: Niède Guidon está entre as mulheres que mudaram o Brasil

Niède Guidon está entre as mulheres que mudaram o Brasil

A arqueóloga Niède Guidon é defensora ferrenha da Serra da Capivara, no Piauí. Foi ela que descobriu, lá, na década de 1970, as pinturas rupestres mais importantes dos primeiros seres humanos a habitarem o Brasil e uma das maiores coleções desse tipo de arte no mundo.

Após a descoberta de Niède, a compreensão sobre a presença dos Homo sapiens na América do Sul mudou para sempre. Ela lutou para criar o Parque Nacional da Serra da Capivara, hoje considerado patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco. Nascida em Jaú, São Paulo, em 1933, Niède nunca mais deixou o Piauí — tamanha a consciência que ela tem sobre a importância histórica do local. E o medo que ele seja destruído.

O parque vem enfrentando grandes problemas de orçamento ao longo dos anos, com nenhum apoio governamental. Além disso, Niède já sofreu inúmeras ameaças de empresários do Agreste, que insistem em intimidá-la. Mas ela continua lá, aos 86 anos de idade, sendo a alma e a guardiã do parque.

Matéria original na Fundação Joaquim Nabucco
Link: Fundação Joaquim Nabucco
Autor: Marizilda Cruppe
Foto: Marizilda Cruppe / Agência O Globo